Qual a diferença entre dieta low carb e fitness?

  • Health
  • março 26, 2019
  • 1

Qual a diferença entre dieta low carb e fitness?

Quer começar uma dieta, mas não sabe qual a melhor opção para o seu objetivo? Com tantas opções de produtos e refeições no mercado, fica fácil confundir a gastronomia Low Carb e Fitness.
Hoje você vai entender as diferenças entre cada uma para potencializar a sua dieta e focar no seu objetivo.

Dieta de Low carb

A dieta low carb sugere uma redução de carboidratos, até 40% do que é ingerido no dia, consequentemente proporcionando o emagrecimento. Não só o carboidrato, mas a proteína e principalmente a gordura devem ser bem controlados havendo uma redução de 10% deles, com a melhora na qualidade do que será consumido, a pessoa conseguirá não só um bom resultado, mas também uma reeducação de hábitos alimentares.

Este método defende a priorização do consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico, aqueles cuja glicose (açúcar) é absorvida em uma velocidade mais lenta e por isso não há picos de glicose e nem de insulina no organismo. Um exemplo de alimento de baixo índice glicêmico seria o farelo de aveia , ao sugerir que a alimentação priorize os carboidratos de baixo índice glicêmico proporciona um emagrecimento saudável, isso porque quando um carboidrato é ingerido ele tem a glicose que será utilizada pela célula para obter energia.

A glicose é utilizada pelas células e garante que tenhamos energia suficiente para exercermos nossas funções diárias. Quando ela não é totalmente usada, ela é armazenada no fígado e nas fibras musculares em forma de glicogênio gerando o ganho de gordura e assim engordando. Com a diminuição da ingestão desseds carboidratos o organismo retira da reserva feita anteriormente o que ocasiona o emagrecimento.

A alimentação low carb oferece também muitos benefícios ao seu organismo, como por exemplo, a redução da pressão arterial, açúcar no sangue, triglicerídeos, além do aumento do colesterol bom.

Resultado de imagem para perda de peso

Dieta Fitness

Ao contrário do que as pessoas costumam imaginar sobre uma dieta fitness ela não se baseia apenas em proteínas, vinda do frango e do carboidrato vindo da batata doce como fonte de energia. Esse é um dos principais pontos que confundem a dieta fitness com a low carb. O seu corpo necessita de todos os nutrientes (carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais) em quantidade suficiente para que você consiga ganhar massa muscular de forma saudável. O foco da dieta fitness não é o emagrecimento mas o alinhamento dele com o ganho de massa muscular.

A dieta “Fit” apresenta o equilíbrio alimentar saudável com a junção de alguns alimentos específicos que vão proporcionar um bom desempenho durante as atividades físicas. Essa dieta inclui alimentos funcionais e ricos em antioxidantes, proteínas como o frango, ovos e os carboidratos de baixo índice glicêmico, como a batata doce e o inhame.

Essa nutrição é utilizada por pessoas adeptas da vida saudável, onde a alimentação faz parte de um conjunto de atividades para o equilíbrio do corpo como um todo, composta por uma variedade de alimentos ricos em bons nutrientes e com baixo teor de gordura, como grãos e cereais integrais, frutas e verduras.

 

Resultado de imagem para ganha de massa

Proporcionando diversos benefícios para o organismo, como a longevidade, diminuição e manutenção do peso, equilíbrio hormonal, diminuição de doenças ligadas à má alimentação, consumo de produtos de melhor qualidade e até mesmo a melhora do humor.

Agora que você já sabe tudo sobre as dietas low carb e fitness, independente de sua escolha a dica de ouro é evitar os industrializados, dê preferência a alimentos naturais e um menu de confiança!

Compartilhe:

Veja 5 dicas de como se tornar mais saudável

Porque os homens emagrecem mais rápido que as mulheres?

One thought on “Qual a diferença entre dieta low carb e fitness?

  • Felipe Cardoso

    Independente de ser low carb ou finess, o importante é ter consciência daquilo que ingerimos para não sofrer as consequências depois. A mudança vem de dentro para depois atingir resultados externos.

    Reeducação alimentar também tem a ver com retirar as fontes ruins do que adicionar as boas. Se as pessoas simplesmente cortassem os processados e bebidas açucaradas, ela já teria resultados fenomenais.

    É claro que devemos adaptar a nossa rotina de acordo com nosso bolso, pois a maior parte do brasileiro é carente financeiramente. Logo, buscar fontes mais naturais e baratas se torna um desafio.

    É por isso que criei o projeto Mulheres em Dieta (http://www.mulheresemdieta.com.br/como-emagrecer-os-bracos), que ajuda o público feminino a ter uma alimentação mais consciente. Espero a visita de vocês 🙂

LEAVE A COMMENT

(will not be shared)

"" was added to wishlist